Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Sem explicação lógica, pela primeira vez o município atinge a desastrosa marca de 46% na vacinação da Poliomielite
13/07/2018 20:39 em POLÍTICA

Não se trata de programa de rádio onde o jogo de palavras pode ferir, mas a cura não é importante, se trata de vidas humanas tratadas com descaso por quem tem a obrigação constitucional de zelar por elas, foi necessário a intervenção do ministério Público, para que o governo  Gusmão Pereira tomasse conhecimento que governo não é o exercício da falácia. E ordenasse o cumprimento da meta da vacinação infantil, é ridículo um município com as condições de Vitória da Conquista vacinar apenas 46% das  nossas crianças.  A Prefeitura Municipal tem o cadastro de todas as famílias do município, portanto tem condições de vacinar 100%, basta respeitar a comunidade.

A Secretaria de Saúde divulgou nota na tarde desta quinta-feira (12), dando conta que a cobertura vacinal da Poliomielite em Vitória da Conquista alcançou 74,25%, contrariando os dados da Ministério da Saúde que colocaram Vitória da  Conquista com abaixo de 46%. Os dois governos são do PMDB, useiros e vezeiros  na mentira, mas nesse caso o federal está dizendo a verdade o municipal, mais uma vez tenta justificar através da teratologia.  A vacinação deve atingir crianças de zero a cinco anos, a Prefeitura informa que vacinou 74% das crianças de até 1 ano, logo um absurdo confesso. A afirmação deixa claro que a cobertura foi irregular para as crianças de 2 a 5 anos.

COMENTÁRIOS